Ingressos

Valores

Adulto
R$
38.00
Crianças de 2 a 11 anos
R$
10.00
Idoso acima de 60 anos
R$
10.00

Horários

Diariamente

das 9h às 17h

Transporte Com Carro Executivo até 4 Pessoas a partir de:

R$ 100,00

Informações

A palavra Iguaçu significa “água grande”, na etimologia tupi-guarani. O rio nasce próximo à Serra do Mar e deságua no rio Paraná.

Formadas há aproximadamente 150 milhões de anos, as quedas isoladas variam de 150 a 300 – dependendo da vazão do rio –, formando uma frente única em tempo de cheia. Os grandes saltos são 19, apenas três do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant).

 

A disposição dos saltos – a maior parte deles voltados para o Brasil – proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do lado brasileiro.

Após uma ampla curva e uma corredeira, o leito principal do rio, onde está a fronteira Brasil-Argentina, precipita-se em uma profunda fenda de erosão, formando a Garganta do Diabo.

O rio Iguaçu chega a medir 1.200 metros de largura acima das Cataratas do iguaçu, estreitando-se até 65 metros no cânion formado após as quedas. A extensão das Cataratas Brasileiras é de 800 metros  e 1.900 metros no lado Argentino, resultando numa largura total de 2.700 metros com formato semicircular.

A vazão média do rio é de 1.500 m3/s, variando de 300 m3/s nas ocasiões de seca e de 6.500 m3/s nas cheias.

Mesmo em época de seca, as Cataratas Brasileiras são um espetáculo.

O ideal é conhecer os dois lados, uma vez que as estruturas existentes proporcionam diferentes sensações, seja por meio de caminhadas, transporte rodoviário especializado no Brasil ou agradáveis passeios de trem em meio à selva na Argentina.

Entre os vários atrativos turísticos de Foz do Iguaçu as Cataratas do Iguaçu é o mais visitado.

Como é o passeio nas Cataratas do Iguaçu

No lado do Brasil, o passeio dura de 2 a 4 horas, do Centro de Visitantes até o início da trilha, durante este trajeto existem paradas para os passeios adicionais. A trilha é realizada a pé, por um trajeto no meio da mata, com espaços abertos para observação das Cataratas do Iguaçu em alguns pontos do percurso. No final da trilha, existe uma passarela de observação que completa o passeio, chegando até o ponto conhecido como “Garganta do Diabo”.

Após a trilha, existe um memorial para Alberto Santos Dumont, além de uma praça de alimentação, e o restaurante Porto Canoas. Aqui há o embarque do ônibus para o retorno até o Centro de Visitantes.

 

Lembre-se

– Antes de mais nada, o Parque Nacional é um local de preservação ambiental
– Respeite as normas de segurança
– Não toque ou alimente os Quatis, animais típicos das Cataratas do Iguaçu que costumam estar próximo das trilhas
– Use roupas confortáveis e calçado apropriado para a caminhada
– O passeio no lado do Brasil dura de 2 a 4 horas
– Leve o seu documento de identidade com foto
– Em épocas de alta demanda, a experiência do passeio pode ser prejudicada pelo excesso de visitantes nas trilhas

Fechar Menu
Close Panel